Alguns estudos dão pistas sobre como ocorrem as primeiras aprendizagens sobre letras e números

COMO APRENDEMOS OS NÚMEROS

  • Nos primeiros meses de idade, humanos conseguem diferenciar quantidades e notar transformações como adição e subtração de elementos.
  • Diferentes áreas do cérebro são ativadas. Uma responde ao trabalho com pequenas quantidades e com precisão. Outra é responsável por operar estimativas e grandes quantidades.
  • Quando entramos na escola, o uso dessas áreas se une às habilidades da linguagem para permitir que dominemos o sistema de numeração, ou seja, que finalmente aprendamos o conceito de número.

COMO APRENDEMOS A LER

  • No cérebro, a Área da Forma Visual das Palavras é ativada para diferenciar escritos de imagens e sinais gráficos.
  • O reconhecimento dos sons utilizados na fala é fundamental para a aprendizagem da leitura. Dificuldades com a oralidade, portanto, estão relacionadas a problemas na alfabetização.
  • Em cérebros com dislexia, foram identificadas algumas alterações em relação aos de crianças sem o transtorno. Mas ainda não há clareza se essas diferenças são a causa ou a consequência da dificuldade em aprender a ler.

Fonte: NOVA ESCOLA. Disponível em:  https://novaescola.org.br/conteudo/10259/aprendizagem-por-dentro